Blog do Eliomar

77 resultados encontrados para BNB Jurandir Santiago

Jurandir Santiago renuncia do cargo de presidente do BNB e já contrata advogado

216 2

Jurandir Santiago entregou o cargo de presidente do Banco do Nordeste do Brasil agora há pouco. Mandou para o Ministério da Fazenda carta renunciando. Ele tem o nome envolvido no chamado “Escândalo doas Banheiros”, época em que foi secretário estadual das Cidades e liberou recursos para kits sanitários. A sua situação era insustentável.

Outra informação: contratou a banca do ex-presidente da OAB do Ceará, Hélio Leitão, para fazer toda a sua defesa.

Jurandir Santiago se afasta da presidência do BNB

159 1

Depois de ter o nome incluído nas investigações do escândalo dos banheiros e em plena crise do Banco do Nordeste, o presidente do Banco, Jurandir Santiago, teria deixado o cargo. A informação ainda não foi confirmada oficialmente pelo BNB.

Uma fonte do banco explicou que o governo deverá nomear um presidente interino até formar nova diretoria do banco.

(Com POVO Online)

 

BNB aumentará o crédito para a micro e a pequena empresa nordestina, anuncia Jurandir Santiago

Foto: Agência Brasil

“O novo presidente do Banco do Nordeste (BNB), Jurandir Santiago, anunciou hoje (14), após tomar posse, em cerimônia fechada à imprensa, no Ministério da Fazenda, em Brasília, que o objetivo da instituição é ampliar o crédito para a micro e a pequena empresa na região.

Além disso, ele pretende aumentar o Crediamigo, que destina recursos para o microcrédito e buscar recursos para financiar empreendimentos que gerem emprego e renda no Nordeste.

“O desafio do Banco do Nordeste é, cada vez mais, desenvolver a região. E a diretriz recebida do ministro da Fazenda é que a gente coloque o banco para atuar em alinhamento com o governo federal”, disse.

Em 2010, o banco emprestou R$ 21,4 bilhões. Neste ano, informou Santiago, o banco terá disponível R$ 10,6 bilhões do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Nordeste (FNE) e mais R$ 4 bilhões de recursos próprios para empréstimo. Ou seja, aproximadamente, 31% a menos do que no ano passado.

“Estou assumindo hoje e vou precisar chegar na instituição e tomar pé, a partir de amanhã, para conhecer todos os detalhes e as operações em análise. Só a partir daí, poderemos falar sobre as perspectivas até o final do ano”, informou.

Sobre os recursos destinados à Copa do Mundo, o novo presidente do BNB disse que ainda está recebendo orientações do Ministério da Fazenda para definir qual é a participação da instituição na preparação do evento.

A posse de Santiago contou com a presença de parlamentares do Ceará, mas o governador do estado não esteve presente. Ele não quis falar sobre a ausência de Cid Gomes e defendeu um trabalho sempre articulado com os governadores da região.

Jurandir Santiago é formado em direito pela Universidade de Fortaleza e em geografia pela Universidade Estadual do Ceará. É funcionário de carreira da Caixa Econômica Federal e foi superintendente regional do banco no estado. Antes de assumir o Banco do Nordeste, presidia a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cegace).”

(Agência Brasil)

Jurandir Santiago é o novo presidente do BNB

486 2

Saiu a fumaça branca em se tratando de novo presidente do Banco do Nordeste do Brasil. O Diário Oficial da União desta sexta-feira traz o atual presidente da Cagece, Jurandir Santiago, nomeado para a vaga de Roberto Smith.

Jurandir Santiago (43), cearense de Russas, é funcionário de carreira da Caixa Econômica Federal, é formado em Geografia e Direito, tem pós-graduação em Direito Empresarial, e já oi secretário estadual das Cidades. Atualmente ocupa a presidência da Cagece, cargo que deve entregar na próxima semana.

A nomeação de Jurandir Santiago seguiu critérios técnicos entre vários nomes apresentados e traz o DNA político do governador Cid Gomes (PSB).

Presidência do BNB na mira de Renan e Henrique Alves

aryjoel

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:

“Em Brasília, o assunto virou um dos principais motes dos bastidores da bancada nordestina: virou objeto de desejo dos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB), e da Câmara, Henrique Alves (PMDB), a presidência do Banco do Nordeste do Brasil.

O cargo está ocupado pelo catarinense Ary Joel depois que Jurandir Santiago acabou exonerado. A escolha foi técnica e teve o DNA do ministro Guido Mantega (Fazenda).

Membros da Associação dos Funcionários do BNB, que comemora 75 anos de atividades, tremem só de pensar nesse quadro de mudanças. Torcem para que Dilma Rousseff segure essa onda.”

BNB – Xô, bairrismo!!

Com o título “BNB: Bairrismo do Nordeste do Brasil?”, eis artigo do ex-secretário do Turismo do Ceará, Allan Aguiar. Ele aborda o caso de Ary Joel, catarinense agora nomeado presidente do Banco do Nordeste. Allan lembra que o banco não é do Nordeste, mas do Brasil. 

O Banco do Nordeste é do Brasil, não do Nordeste do Brasil. A estrutura de capital do Banco tem no Tesouro Nacional sua principal fonte de sustentação e quase a totalidade de seu funding é constituído pelo FNE, um Fundo Constitucional capitalizado por um percentual do imposto sobre a renda e proventos de qualquer natureza de TODOS os Brasileiros. Sua atuação majoritária é que é no Nordeste do Brasil.

É de origem feudal a decepção explicitada por alguns formadores de opinião pelo simples fato do brasileiro, ontem designado, para presidir a Instituição não ter nascido no Ceará ou em algum estado nordestino. Chega a ser risível o argumento segundo o qual o Nordeste foi desprestigiado pela Presidenta Dilma, com esta escolha. Roberto Smith, paulista, só recebeu seu titulo de cidadão cearense após assumir o importante posto. Homenageado ao longo de seus oito anos no Banco e indicado pelo Deputado Guimarães, somente agora se conheceu a fragilidade de sua governança. Byron Queiroz, cearense indicado pelo Governador Tasso Jereissati, pilotou sob as mais pesadas turbulências administrativas vistas na Instituição, as quais produziram cicatrizes no organismo administrativo do Banco. Jurandir Santiago, também cearense, preferiu pedir o boné antes do primeiro aniversário da sua posse. Assim, ao longo de 16 anos sob o comando de cearenses e paulista, a mais importante Agência de Fomento da economia do Nordeste foi mal usada por segmentos imaturos da política da região, resultando hoje na maior e mais autofágica e fratricida luta interna pelo poder.

A Presidenta, com a designação do Catarinense Ary Joel Lanzarin, manda um recado animador para o Nordeste informando que não permitirá que esse estado de coisas inviabilize o Banco, patrimônio dos Brasileiros. Tenta fortalecer o Banco, blindando-o e conferindo uma gestão técnica e meritória. O que se espera é que tenha sido concedido o mínimo de autonomia para o novo Presidente presidir. Que ele tenha musculatura ministerial suficiente para deixar claro que o Banco agora tem um Presidente que inaugura uma nova agenda de trabalho.

Registre-se que esse comportamento paroquiano é muito latente entre os próprios Estados da região. Eu mesmo já fui alvo dele quando assumi a Presidência da EMPETUR – Empresa de Turismo de Pernambuco. Sofri a discriminação de ser um cearense dirigindo uma Estatal pertencente ao Governo de Pernambuco. Assim, cabe o apelo para que ofereçamos a necessária trégua inaugural, deixando o novo Presidente trabalhar em paz e tentar reconstruir aquilo que nós, nordestinos, quase destruímos.

* Allan Aguiar, Consultor, foi Secretário do Turismo e Presidente da EMPETUR e da CTI/NE.

 

Coordenador da bancada nordeste: Indicação de Ary Joel para o BNB foi “técnica”

209 2

“O PT não se sente alijado nesse processo. O importante é que foi escolhido um técnico que conhece o mercado”, disse para o Blog, nesta quinta-feira, o vice-líder do PT na Câmara e coordenador da bancada nordestina, José Nobre Guimarães, ao comentar a indicação do paranaense Ary Joel para presidente do Banco do Nordeste.

Ary Joel, cuja nomeação saiu nesta quita-feira no Diário Oficial da União, entra num cargo que tinha como interino Paulo Ferraro, aliado do governador Jacques Wagner (PT), da Bahia. Antes dele, era titular o cearense Jurandir Santiago, respaldado pelo governador Cid Gomes e pelo PT de Guimarães, que perdeu o cargo por ter o nome envolvido no Escândalo dos Banheiros”.

Para Guimarães (PT), a indicação foi técnica, mas Ary Joel “tem todos os pecdicados para fazer uma boa gestão e nós da bancada do Nordeste vamos atuar fortemente para dar ao BNB as condições para que volte a operar  e financiar os grandes empreendimentos na região. O Nordeste precisa do banco para gerar emprego e renda”, acentuou José Guimarães.

VAMOS NÓS – A indicação de Ary Joel mostra, na realidade, que a bancada nordestina está sem prestígio em Brasília.

Geisi Hoffmann traria o nome do BNB?

Há especulações dando conta de que a vinda da ministra da Casa Civil, Geisi Hoffmann, para a festa de inauguração, nesta noite de quarta-feira, do Centro de Eventos, reservaria uma surpresa. Ela traria o nome que a presidente Dilma Rousseff indicaria para a presidência do Banco do Nordeste. Isso, após boa conversa na manhã de quinta-feira.

O governador Cid Gomes (PSB) acompanha essa questão desde que seu então indicado, Jurandir Santiago, acabou pedindo demissão por ter seu nome envolvido no chamado “Escândalo dos Banheiros”, da administração estadual.

Pedro Brito, atual diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários, continua cotado pelo desejo de Dilma, enquanto Paulo Ferraro, presidente interino, agradaria a alguns governadores da região. Fernando Passos, da diretoria do BNB, correria por fora.

Caso BNB – Governo permanece em silêncio

313 1
“O Governo Federal ainda não quebrou o silêncio em relação às denúncias de irregularidades nas operações, exonerações e acusações que envolvem o Banco do Nordeste (BNB) e que vieram à tona há pouco mais de duas semanas. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, e a presidente Dilma Rousseff fizeram reunião ontem à tarde na qual conversariam sobre o tema e falariam, em seguida, à imprensa, conforme noticiado pelo O POVO, no último dia 23. Mas nem Ministério da Fazenda nem Palácio do Planalto soltaram qualquer novidade.

“Nós não temos a pauta da reunião entre o ministro (Guido Mantega) e a presidente. Eles fazem reuniões frequentemente. A presidente não mandou falar nada”, afirmou ao O POVO a assessoria do Planalto. Fala parecida teve o Ministério da Fazendo. “Não temos a pauta da reunião”.

Segundo apuração da reportagem, o senador José Pimentel (PT-CE) foi chamado às pressas para a reunião de ontem à tarde. A assessoria do senador não confirmou o encontro e disse que o senador não falaria sobre o assunto. O BNB afirmou, por meio de nota, que a agenda do presidente interino, Paulo Sérgio Ferraro, durante a manhã e a tarde de ontem, foi toda relacionada “a assuntos internos do banco, com ênfase no acompanhamento dos números de contratações e resultados operacionais”.

Perguntada se houve qualquer contato do Ministério da Fazenda com Ferraro, a assessoria do BNB respondeu que “não divulgará a troca de correspondências entre a instituição e o Ministério da Fazenda”, além de ter informado que não haverá cerimônia oficial de posse dos novos diretores.

“Está prevista para amanhã apenas a assinatura do livro de ata pelo diretor Manoel Lucena dos Santos, de Controle e Riscos. Será um evento interno, com horário ainda indefinido”, diz a nota.

Caso

Enquanto o governo central do País não fala sobre o caso, o presidente interino do BNB segue cumprindo compromissos, muitos deles herdados do ex-presidente, Jurandir Santiago – que renunciou ao cargo dia 21 de junho. Jurandir teve o nome incluído em denúncia do escândalo dos banheiros. ”
(O POVO)

Cid diz que, até se prove o contrário, Jurandir é pessoa “correta e honesta”

228 3

O governador Cid Gomes (PS) afirmou, nesta sexta-feira, que a indicação de Jurandir Santiago para presidente do Banco do Nordeste do Brasil, foi uma “indicação da bancada”, na qual também se envolveu também. Ele lamentou o afastamento de Jurandir, com nome envolvido no “Escândalo dos Banheiros” -época em foi secretário estadual das Cidades, mas disse que, até se prove o contrário, trata-se de “uma pessoa excelente, correta e honesta”.

Cid Gomes, em entrevista movimentada na Assembleia Legislativa, disse que espera a bancada federal cearense se empenhando para em torno de um novo nome para o comando do BNB e que atenda às expectativas do Estado.

Essa declaração do governador veio após a solenidade em que o ministro César Asfor Rocha (STJ) recebeu a Medalha do Mérito Parlamentar 13 de Maio, iniciativa do deputado estadual Welington Landim (PSB).

Caso BNB – O importante é o papel da Instituição, diz deputado

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=dPAcs2aI9mo&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

Para o deputado federal Danilo Forte (PMDB), em meio à crise que se registrou no Banco do Nordeste do Brasil e provocou a queda de Jurandir Santiago, o fundamental é garantir uma direção comprometida com a região. Danilo, inclusive, como relator da MP Brasil Melhor, assegurou R$ 4 bilhões de capital social para o BNB.

Ex-presidente do BNB espera que banco seja preservado

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=bg4M29qb1OU&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=2&feature=plcp[/youtube]

Ex-presidente do Banco do Nordeste do Brasil de 1985 a 1986, o hoje deputado federal Mauro Benevides (PMDB) se diz “preocupado” com a situação da Instituição, que teve sua diretoria afastada por denúncias envolvendo  supostos ilegalidades em operações e o “Escândalo dos Banheiros”, que derrubou o presidente Jurandir Santiago, ex-secretário estadual das Cidades.

Para Mauro Benevides, tudo deve ser feito para que se preserve a imagem do BNB e sua missão, que é fomentar o desenvolvimento do Nordeste.

Procurador-geral da Justiça dará coletiva sobre denúncias que derrubaram Jurandir do BNB

O procurador-geral de Justiça do Estado, Ricardo Machado, acompanhado dos promotores de justiça da Procuradoria de Combate aos Crimes Contra a Administração Pública (Procap), dará entrevista coletiva na sede da PGJ, a partir das 9h30min desta quinta-feira.

O objetivo é dar todos os esclarecimentos sobre os fatos que culminaram com o afastamento de Jurandir Santiago da presidência do Banco do Nordeste do Brasil. O caso tem a ver com o chamado “Escândalo dos Banheiros”, onde se registrou desvio de verbas destinadas à construção de kits sanitários, período em que Jurandi respondia pela Secretaria da Cidades.

“Estaremos à disposição para todas as informações”, diz o procurador-geral Ricardo Machado. Ele, inclusive, já deu entrada, nessa quarta-feira, junto ao Tribunal de Justiça do Estado, com denúncia contra Jurandi Santiago e outros gestores estaduais.

Caso BNB – Mais um diretor é exonerado e presidente interino nomeado é ligado a Jacques Wagner

301 4

O Conselho de Administração do Banco do Nordeste (BNB) decidiu nomear o diretor de Negócios Paulo Sérgio Ferraro para ocupar a Presidência do Banco de modo interino. A decisão foi tomada em torno das 19h desta quarta-feira, 20. Ferraro vai acumular os dois cargos até que seja definido o substituto de Jurandir Vieira Santiago, que deixou o cargo na manhã desta quarta-feira.

Alegando a intenção de “fortalecer a gestão do Banco e o cumprimento de suas missões institucionais”, o Conselho decidiu substituir o diretor de Controle e Risco, Isidro Moraes de Siqueira. Pouco antes, José Sydrião de Alencar Júnior já havia sido comunicado de sua exoneração do cargo de Diretor de Gestão do Desenvolvimento. Já o diretor Stélio Gama Lyra Júnior, da Diretoria Administrativa e de Tecnologia da Informação, foi transferido para o antigo posto de Alencar.

O Conselho decidiu ainda nomear Nelson Antonio de Souza para substituir Stélio na Diretoria Administrativa e de Tecnologia da Informação e Manoel Lucena dos Santos para o lugar de Isidro na Diretoria de Controle e Risco.

(Com BNB e POVO Online)

VAMOS NÓS – Paulo Ferraro, embora interino à frente do BNB, é ligado politicamente ao governador da Bahia, Jacques Wagner (PT).

Ex-presidente da OAB/CE confirma: é advogado de Jurandir Santiago

O ex-presidente da OAB do Ceará, advogado Hélio Leitão, confirmou para o Blog que foi constituido pelo agora ex-presidente do Banco do N orwste do Brasl, Jradni Satiago,p para patrociar sua cdecfesa n qeu dza respetio sa acusççes que o envo,lve no chamado “Escândalo dos Banheiros”. Segundo o advogado, seu constituinte ainda não recebeu nenhuma notificação oficial. Nem da parte do Ministério Público Estadual, nem da Justiça.

“A decisão de renunciar do cargo foi de foro íntimo. O doutor Jurandir entendeu que essa era a melhor medida para preservar a imagem do BNB e de sua família”, disse Hélio Leitão, acrescentando que, com tal decisão, Jurandir espera ter tempo para apresentar sua defesa.

Caso BNB – Cid, Eunício e Guimarães em silêncio

335 8

O governador Cid Gomes (PSB), o senador Eunício Oliveira (PMDB) e o deputado federal José Nobre Guimarães ainda não se manifestaram sobre os episódios envolvendo o então presidente do Banco do Nordeste do Brasil, Jurandir Santiago. Eles são apontados como os padrinhos políticos dessa indicação.

Jurandir é alvo de investigações, por parte do Ministério Público Estadual no que diz respeito ao período em que era Secretário da Cidades e se registraram liberações de recursos para kits sanitários.

Também há no BNB denúncias, segundo veiculou a Revista Época, de empresas laranjas e suposto esquema de liberação de recursos para campanhas eleitorais. Nesse caso, envolvendo gestão passada.

“Escândalo dos Banheiros” – MP-CE rastreia R$ 100 mil em conta do presidente do BNB


Parte do dinheiro que seria destinado à construção de kits sanitários para famílias carentes do município de Ipu (294km de Fortaleza) foi parar, em 2009, na conta de um posto de gasolina em Fortaleza, cujos sócios eram o atual presidente do Banco do Nordeste, Jurandir Santiago, a então mulher, Silvia Marta Rubens Bezerra, e o engenheiro civil do município de Ipu, Tácito Guimarães de Carvalho, preso na última sexta-feira. Em 2009, Jurandir era secretário adjunto da Secretaria de Cidades e o responsável pela liberação das verbas para a construção dos equipamentos. Na noite de ontem, o procurador geral do Estado do Ceará, Ricardo machado, decidiu incluir o nome de Santiago no rol dos denunciados no escândalo.

O POVO teve acesso, com exclusividade, aos autos do processo que trata do “escândalo dos banheiros” e apurou, com base na denúncia apresentada pelo Ministério Público à Justiça, que o repasse de R$ 1,4 milhão para a construção dos kits foi feito através de dois cheques da Caixa Econômica Federal (CEF), no dia 29 de maio de 2009, uma sexta-feira. Na segunda-feira seguinte, dia 1 de junho de 2009, data da compensação dos cheques, R$ 100 mil entraram na conta do Posto de Gasolina Boa Vista LTDA.

Três dias depois de o dinheiro entrar na conta do posto, Jurandir deixou a sociedade da empresa, iniciada em fevereiro de 2007, segundo dados fornecidos pelo Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional. O posto de gasolina seria, então, o meio através do qual o grupo desviou parte do dinheiro.

Ainda de cordo com o MP, o restante do dinheiro teria sido desviado de outras duas maneiras: uma parte dos recursos foi retirada do banco “em espécie” e outra parte por meio da “aquisição de mais outros dois cheques administrativos (…) no valor de R$ 300 mil e R$ 150 mil”.

(O POVO)

MP-CE divulga nota incluindo presidente do BNB na denúncia dos kits sanitários

169 3

Do Ministério Público Estadual, recebemos a seguinte nota oficial:

Nota Oficial do MP sobre a inclusão do sr. Jurandir Vieira Santiago em aditamento de denúncia

O procurador-geral de Justiça do Estado do Ceará, Ricardo Machado, foi notificado hoje, às 11 horas, da decisão do desembargador Francisco Darival Beserra Pinto sobre o processo relativo ao caso dos “kits sanitários” do município do Ipu (CE).

Desde ontem, os órgãos do Ministério Público responsáveis pelo caso estão analisando, também, provas complementares (Relatório de Inspeção) remetidas pelo Tribunal de Contas do Ceará (TCE).

O procurador-geral já decidiu pela necessidade de aditamento da denúncia para incluir o senhor Jurandir Vieira Santiago no rol dos denunciados, sem prejuízo de novo aditamento no decorrer da instrução processual. O aditamento deverá ser protocolado nesta quarta-feira, 20/06.

* Ministério Publico do Estado do Ceará.

Coordenador da bancada cearense diz que presidente do BNB é “inatacável”

158 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Cyo-Gje2dgk&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=4&feature=plcp[/youtube]

O deputado federal Antônio Balhmann, coordenador da bancada federal cearense, afirmou, nesta terça-feira, que o presidente do BNB, Jurandir Santiago, é uma pessoa “inatacável”. A reação veio ao comentar o envolvimento do seu nome com o chamado “Escândalo dos Banheiros”.

Nessa segunda-feira, o procurador-geral de Justiça do Estado, Ricardo Machado, admitiu que Jurandir pode ser incluido no grupo de denunciados nesse caso. Jurandir foi secretário estadual da Cidades.